TOP 3 PANQUECAS SAUDÁVEIS POR LISBOA E UMA RECEITA

DESABAFOS, PEQUENOS-ALMOÇOS/LANCHES

Tinha este post em falha já há algum tempo mas não tenho conseguido muito tempo para me dedicar ao blog.

Tal como referi no instagram, hoje em dia anda tudo numa correria para os brunches de Lisboa. Espaços ditos “instagrammaveis”, denominados nas plataformas de foodies como “healthy food” e que muitas vezes estão em “locais ícones” da cidade.

O marketing hoje em dia tem um impacto quase fatal para todos os espaços e produtos, e a restauração, parece-me a mim, está MUITO depedente desta ferramenta para fazer crescer ou não os negócios.

Quem é que de vocês já não foi à procura de um local ara brunch apenas por ser um sitio giro para tirar fotografias? E quem é que chegou até ele porque N “influencers” ou figuras púbicas têm mil fotografias lá? 

E já agora quantos de vocês foram a alguns locais porque estavam descritos como “saudáveis” ou porque simplesmente viram que tinha panquecas ou tostas de abacate e acharam que era saudável? Pois.. repararam no açúcar em pó para ficar bem na fotografia? Ou no tipo de pão onde vem servido o abacate?

[Já para não falar nos hamburgeres de beterraba ou espinafres que de saudável têm 0.. e não não são saudáveis por serem legumes!]

Pelo facto de achar que muitas pessoas têm exatamente este pensamento decidi ir procurar espaços que considero que realmente têm boas opções na zona de Lisboa:

Fauna e Flora (madragoa)

Panquecas de aveia e banana 

Fica muito perto de Santos e é um espaço muito arejado. Transparece muita calma e conforto devido à decoração do espaço. Não é muito grande e começam a chegar clientes assim que o espaço abre (maioritariamente estrangeiros). Pedi um smoothie do dia (manga e morango 3€) e as panquecas de banana e aveia com iogurte grego e compota do dia (maçã). O prato traz 3 panquecas recheadas com iogurte no meio e a compota de maçã no topo. A decoração do prato é soberba.

50291348_2183919041674207_2560375132090531840_n.jpgPs: aquele açúcar em pó é minimo e vem praticamente na lateral da panqueca..mas bem que podiam tirar!

Clube Lisboeta (príncipe real)

Panquecas de banana e manteiga de amendoim

É um espaço relativamente recente em Lisboa, numa localização priveligada e a cozinha tem um cuidado extremo com os produtos e alimentos escolhidos bem como a sua preparação. A apresentação das panquecas salta à vista e qualquer pessoa: cobertas com cacau e recheadas com manteiga de amendoim com um toque crocante. O prato é servido com 3 panquecas médias, altas e fofas.

50095597_597998197291811_2004842565714575360_n.jpg

Ela Canela (campo de ourique)

Panquecas de banana e quinoa com pasta de avelã e agave

Estas panquecas têm realmente um travo a banana e quinoa, têm uma textura bastante leve e são deliciosas! A cobertura de pasta de avelã, é sem dúvida alguma, o melhor destas panquecas. O prato é servido com 2 panquecas pequenas mas com a cobertura é uma quantidade suficiente para satisfazer o estômago.

50465231_364076417753420_258820703556468736_n.jpg

Acho que são bons espaços a ir e por isso deixem-me a vossa opinião ou até mesmo um lugar para ir de sugestão 🙂

Como adoro fazer panquecas em casa e que sejam fáceis, deixo-vos esta receita:

PANQUECAS DE ESPELTA

  • 1 ovo
  • 1 chávena de leite de arroz
  • 1 chávena de farinha de espelta (usei da marca nacional)
  • 1 colher de sobremesa de fermento em pó
  • 1 colher de chá de aroma de baunilha (opcional)
  • 1 colher de sopa de mel

Só precisam de misturar todos os ingredientes e têm a massa de panquecas pronta! 🙂

50560802_550734872104449_1863600118054256640_n50891889_378712756021707_1418603985354358784_n

São realmente bastante simples e deliciosas!

 

 

O QUE É SER FIT AFINAL?

DESABAFOS

É uma questão que tem sido feita várias vezes..E eu também não tenho A resposta mas tenho sim, a minha opinião.. E não foi uma opinião construída agora mas sim que se tem vindo a formar já desde há 3 anos atrás quando comecei a página no instagram.. e estou segura (seguríssima) que há 3 anos atrás a resposta seria totalmente diferente (e percebe-se se tentarem recuar muitas e muitas fotografias atrás.. Focada, focadíssima.. marmita para ali e para acolá. Treinos até mais não dar.. até acumular o máximo cansaço.. e para quê? Para tentar alcançar aquilo que muita gente quer.. um corpo “FIT”.. E aqui, FIT, entende-se por um corpo seco com alguns abdominais (nunca gostei de ver em demasia nem de ver os músculos nos ombros e  braços.. mas respeito quem gosta!). Conclusão..como é óbvio este “foco todo” não mexe só connosco fisicamente mas também mentalmente. E mexe, principalmente, com todos aqueles que nos rodeiam e com a nossa interação com os outros.

@saramluis
..não sei até que ponto é que “o ser fit” é confundido com o “ser saudável”. Podem andar de mãos dadas, hoje em dia acho que existe (ainda mais que antes) uma sede por atingir o corpo perfeito, muito graça às redes sociais. Cada vez mais vemos fotografias de corpos esculpidos, pratos imaculados com restrições nutricionais, suplementos e afins.. ao promover isto, estamos a dar aso a que se torne uma obcessão. Por isso, na minha opinião, ser fit não passa de uma palavra relacionada apenas com aparência: corpos definidos.”

Atualmente, considero as redes sociais fatais no passa a palavra.. com um poder de comunicação que caso não haja filtragem das mensagens que são passadas por parte dos leitores, podem ser isso mesmo FATAIS. “Ai mas ele faz isto..; ai mas ela não come isso.. e tem glúten?; bla bla bla.. dá outra conversa que mais tarde também podemos ter.

@1rule_norules  “ser fit é ser-se feliz a comer bem (alimentos de verdade), ser-se feliz a treinar, ser-se saudável mental e fisicamente! É estarmos bem connosco próprios, cuidar-nos de nós e desafiamo-nos todos os dias”.

“Estarmos bem connosco próprios”.. É Verdade.. isto será o primeiro ponto da minha resposta. Gostarmos de nós como somos, com os nossos feitios e defeitos.

@anacsardo “Para mim ser fit é saber viver com equilíbrio, respeitar as necessidades do nosso corpo (e mente!) e fazer escolhas conscientes todos os dias, por um eu melhor. É pensar no futuro sem deixar de aproveitar o presente e não deixar que a procura por um estilo de vida FIT domine a nossa existência e pensamentos. Ser fit deve, acima de tudo, ser naturalmente simples e descomplicado”.

Esta semana quando andava a fazer “scroll” na página da NIT encontrei este artigo: “A mulher que foi dos 58 aos 115kg” e li a seguinte frase que cai que nem uma luva aqui “A forma como comemos é o espelho de como nós interagimos com os outros e é o espelho da nossa forma de estar na vida.”

Também sabe bem ter uns momentos sozinha..ó se se sabe! Mas sejamos sinceros.. quando estamos rodeados pela nossa família, pelos nossos amigos e todas as pessoas que nos são queridas não é mil vezes melhor? É tão bom.. Ser FIT também é isto.. conviver..saber conviver!

@danielasmp “ser fit para mim é levar um estilo de vida saudável e equilibrado , com hábitos e escolhas adequados às minhas necessidades diárias – it’s about making choices that FIT in my life.
@fit.tinha “Para mim ser fit é ser saudável, tanto física como psicologicamente. Saber encontrar o equilíbrio e fazer por ter uma mente sã num corpo são. Acima de tudo é evitar extremismos e viver com muita tranquilidade.”
@angelacarvalho_fit “ser fit é um estilo de vida, uma forma de estar que envolve muito mais do que uma alimentação saudávl e ser praticante de exercício físico. Quando se entra verdadeiramente neste estilo de vida e não é apenas uma moda é que podemos dizer que somos fit.”

Não, na minha opinião, não é não comer alimentos com glúten, sem lactose e sem açúcar, não! (também já pensei assim, já..mas graças a deus hoje penso de outra forma) apetece um gelado? apetece uma tosta mista? Ok. Hoje comes, amanhã sabes que já não deves (podes) abusar. Sabes que vais querer sobremesa..ok, então se calhar cortamos um pouquinho nas entradas e no prato principal. Sem dramas, com equilíbrio! EQUILÍBRIO.

@mariana.isabel.monteiro “seguir um estilo de vida saudável, que se adeque ao nosso estilo de vida e nos deixe felizes!”
@sarafilgomes “ser fit para mim é o equilibrio de 3 coisas: ter uma alimentação saudável equilibrada e variada (rica em fibra e gorduras boas) ; praticar exercício físico regularmente e dar o devido descanso ao corpo e à mente”.

@anacsardo “Para mim ser fit é saber viver com equilíbrio, respeitar as necessidades do nosso corpo (e mente!) e fazer escolhas conscientes todos os dias, por um eu melhor. É pensar no futuro sem deixar de aproveitar o presente e não deixar que a procura por um estilo de vida FIT domine a nossa existência e pensamentos. Ser fit deve, acima de tudo, ser naturalmente simples e descomplicado”.

Sim, ser FIT não é treinar todos os dias.. para mim não é aquele corpo sarado. Nem aquele oblíquo perfeito, nem aquela cinturinha MARA, nem as costas largas e as coxas bem definidas.

@bebe.saudavel “ser fit é respeitar o nosso corpo, cuidando dele através de bons alimentos, descanso, exercício e muitos mimos”.
@luisinhaaaa87 “para mim ser fit é ser e aceitar me tal como sou com qualidades e defeitos. Mas aceitar-me com escolhas saudáveis, conscientes e tranquila que dei o meu melhor por mim”.

SABER ESTAR. SER FELIZ. ALIMENTAR-ME BEM E COM CONSCIÊNCIA. FAZER AQUILO QUE GOSTO. SENTIR-ME BEM E TER SAÚDE. GOSTAR DE MIM E DAR O MELHOR DE MIM EM TODAS AS COISAS QUE FAÇO E ACREDITO.

@marianagoesfit“Para mim, ser fit é ser saudável (por fora e por dentro) e ter um equilíbrio entre corpo e mente”.

Não me quero estender muito mais..até porque a minha opinião vai de encontro ao que está escrito nos excertos que passei para aqui (que me foram enviados por algumas pessoas queridas). E quero terminar com a mensagem que recebi e que mais me identifiquei..da Beatriz:

Ser fit ou ter um lifetyle saudável é fazer as melhores opções possíveis, dadas as circunstancias e independemente do estilo de vida de cada um (vegan, paleo, o que for…) ou seja, quanto mais natural melhor, quando possível, e quando não possível,não pirar! Isto porque eu penso que não é apenas “about the body” mas também “about the mind” Já em relação ao exercício, mais uma vez, cada um deve fazer aquilo que o faz feliz e lhe dá prazer”.

Agora fica a questão: SER FIT OU SER SAUDÁVEL? 

 

Nota: Obrigada a todos os que me enviaram as opiniões e peço desculpa por não ter colocado todas mas era realmente complicado.

Mil sorrisos,

Marta

 

ETAPA #1

DESABAFOS

blog

É verdade..tudo começou com um passo.. Esse passo não foi dado com a abertura da minha conta do instagram, não foi dado quando comecei a ir ao ginásio nem quando comecei a ter cuidados com a alimentação.. Este passo a que me refiro foi dado quando após já este período percebi que algo não estava bem comigo e quando procurei ajuda da Dra. Rita Lopes, nutricionista no Hospital dos Lusíadas em Lisboa. Minto! Não fui eu que procurei.. procuraram por mim.. Graças a Deus tenho a sorte de ter à minha volta pessoas que se preocupam comigo, família, amigos e até mesmo colegas de trabalho. Neste caso o pilar fundamental e quem recorreu, sem pensar duas vezes, à Dra. Rita para lhe falar de mim: a minha MÃE. É ela a quem eu devo este passo que tem vindo a mudar gradualmente não só o meu relacionamento com a alimentação mas também toda a minha aprendizagem a nível pessoal e social. Quem acompanha a página do instagram desde o início sabe que o meu percurso teve muito altos e baixos..dias muito bons mas também dias nada agradáveis.. a restrição alimentar, o excesso de exercício físico a que me expus trouxeram repercussões que jamais vou esquecer: alterações de humor, quedas de cabelo, fraqueza, fadiga muscular e acima de tudo o “entrave” no relacionamento com os outros fossem eles familiares e amigos.. Escrevo isto porque não desejo a ninguém o que passei e espero que a minha experiência seja exemplo para alguns de vocês. Todos nós merecemos mais e melhor! Todos nós gostaríamos de ter o corpo perfeito..mas de que vale ter um corpo perfeito e não sermos felizes?

“quem realmente gosta de mim, gosta de mim como sou. Sem máscaras, nem disfarces sem tentativas falhadas de ser o que não não sou. Não tenho corpo de modelo nem cara de boneca de porcelana, nem quero ter…Não basta ter uma cara bonita ou muita lábia. Precisamos de saber diferenciar as pessoas e valorizar quem se mostra merecedor desse valor..”

Hoje sei que aprendi: Aprendi a ser melhor. Aprendi a questionar. Aprendi a valorizar. Aprendi a reconhecer que errei. Aprendi a gostar de mim.

marta1

“(…) Por outro lado, se o teu mundo interior for saudável e completo, as coisas mais simples e básicas do teu mundo exterior farão transbordar o teu coração e a tua alma.” Robin Sharma in O Santo, o surfista e a executiva. 

Olho para trás e vejo o meu percurso como uma estrada percorrida com rampas, lombas e alguns pedragulhos pelo meio. Não me arrependo. Hoje sou diferente, sou melhor e acredito que foi O PASSO. O passo para crescer …e só tenho a agradecer por tudo o que tenho vivido ao longo destes quilómetros. 

“(…) A minha crença é que a vida se trata de uma questão de equilíbrio: põe a cabeça e o coração a trabalhar em equipa, como parceiros de vida. Vive de uma maneira mais sábia mas bondosa, prática mas espontânea, corajosa mas solidária, responsável mas apaixonada. É preciso esforço e tempo para conseguir alcançar esse equilíbrio.”Robin Sharma in O Santo, o surfista e a executiva. 

 

 

Marta