TOP 3 PANQUECAS SAUDÁVEIS POR LISBOA E UMA RECEITA

DESABAFOS, PEQUENOS-ALMOÇOS/LANCHES

Tinha este post em falha já há algum tempo mas não tenho conseguido muito tempo para me dedicar ao blog.

Tal como referi no instagram, hoje em dia anda tudo numa correria para os brunches de Lisboa. Espaços ditos “instagrammaveis”, denominados nas plataformas de foodies como “healthy food” e que muitas vezes estão em “locais ícones” da cidade.

O marketing hoje em dia tem um impacto quase fatal para todos os espaços e produtos, e a restauração, parece-me a mim, está MUITO depedente desta ferramenta para fazer crescer ou não os negócios.

Quem é que de vocês já não foi à procura de um local ara brunch apenas por ser um sitio giro para tirar fotografias? E quem é que chegou até ele porque N “influencers” ou figuras púbicas têm mil fotografias lá? 

E já agora quantos de vocês foram a alguns locais porque estavam descritos como “saudáveis” ou porque simplesmente viram que tinha panquecas ou tostas de abacate e acharam que era saudável? Pois.. repararam no açúcar em pó para ficar bem na fotografia? Ou no tipo de pão onde vem servido o abacate?

[Já para não falar nos hamburgeres de beterraba ou espinafres que de saudável têm 0.. e não não são saudáveis por serem legumes!]

Pelo facto de achar que muitas pessoas têm exatamente este pensamento decidi ir procurar espaços que considero que realmente têm boas opções na zona de Lisboa:

Fauna e Flora (madragoa)

Panquecas de aveia e banana 

Fica muito perto de Santos e é um espaço muito arejado. Transparece muita calma e conforto devido à decoração do espaço. Não é muito grande e começam a chegar clientes assim que o espaço abre (maioritariamente estrangeiros). Pedi um smoothie do dia (manga e morango 3€) e as panquecas de banana e aveia com iogurte grego e compota do dia (maçã). O prato traz 3 panquecas recheadas com iogurte no meio e a compota de maçã no topo. A decoração do prato é soberba.

50291348_2183919041674207_2560375132090531840_n.jpgPs: aquele açúcar em pó é minimo e vem praticamente na lateral da panqueca..mas bem que podiam tirar!

Clube Lisboeta (príncipe real)

Panquecas de banana e manteiga de amendoim

É um espaço relativamente recente em Lisboa, numa localização priveligada e a cozinha tem um cuidado extremo com os produtos e alimentos escolhidos bem como a sua preparação. A apresentação das panquecas salta à vista e qualquer pessoa: cobertas com cacau e recheadas com manteiga de amendoim com um toque crocante. O prato é servido com 3 panquecas médias, altas e fofas.

50095597_597998197291811_2004842565714575360_n.jpg

Ela Canela (campo de ourique)

Panquecas de banana e quinoa com pasta de avelã e agave

Estas panquecas têm realmente um travo a banana e quinoa, têm uma textura bastante leve e são deliciosas! A cobertura de pasta de avelã, é sem dúvida alguma, o melhor destas panquecas. O prato é servido com 2 panquecas pequenas mas com a cobertura é uma quantidade suficiente para satisfazer o estômago.

50465231_364076417753420_258820703556468736_n.jpg

Acho que são bons espaços a ir e por isso deixem-me a vossa opinião ou até mesmo um lugar para ir de sugestão 🙂

Como adoro fazer panquecas em casa e que sejam fáceis, deixo-vos esta receita:

PANQUECAS DE ESPELTA

  • 1 ovo
  • 1 chávena de leite de arroz
  • 1 chávena de farinha de espelta (usei da marca nacional)
  • 1 colher de sobremesa de fermento em pó
  • 1 colher de chá de aroma de baunilha (opcional)
  • 1 colher de sopa de mel

Só precisam de misturar todos os ingredientes e têm a massa de panquecas pronta! 🙂

50560802_550734872104449_1863600118054256640_n50891889_378712756021707_1418603985354358784_n

São realmente bastante simples e deliciosas!

 

 

Anúncios

Quiche vegetariana

REFEIÇÕES

Ingredientes

Base

  • 2 ovos
  • 200g de farinha de espelta
  • 1 pitada de sal rosa
  • 2 colheres de sopa de azeite

Com a colher de pau misturar todos os ingredientes e de seguida, com ajuda do rolo, esticar a massa. Moldar a massa à forma e reservar.

Recheio

  • 200g de cogumelos
  • 100g de espinafres
  • 1 chávena de cebola picada
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 colher de chá de molho de soja
  • 200g de natas de soja
  • 5 ovos
  • 1/2 chávena de queijo da ilha ralado
  • sal e pimenta preta qb

Em primeiro lugar, começar por polvilhar o fundo da base com um pouco do quejo. De seguida, começar por saltear os cogumelos com a cebola e azeite, numa frigideira. Quando começarem a ficar tenrinhos colocar os espinafres e deixar cozer até murcharem. Verter este preparado para a base.

Numa taça, juntar os ovos, as natas e os temperos e bater bem. Temperar e verter para a base cobrindo o preparado de espinafres e coguemlos. Polvilhar com o restante queijo por cima e levar ao forno 25 minutos a 180 graus.

49897485_381211275963330_3763883002027835392_n.jpg

Espero que gostem tanto como eu!

SCONES DE ESPELTA E AVEIA

PEQUENOS-ALMOÇOS/LANCHES

Bem já faz algum tempo que não escrevo nada aqui no blog.. mas esta receita não podia mesmo deixar de a escrever aqui para que fique nos meus registos e partilhar convosco esta delícia!

Vagueava pelo youtube quando dei de caras com o canal da La Dolce Rita e fui direta para a cozinha quando espreitei os scones dela! No entanto, quis adaptar ao máximo os ingredientes para que os tornasse um pouco mais saudáveis.

49682704_681488398918197_3764770239191973888_n.jpg

Ingredientes:

  • 140 de farinha de espelta
  • 45g de farinha de aveia
  • 100ml de bebida vegetal (usei de arroz)
  • 30g de açúcar mascavado ou de coco
  • 20g de manteiga vegetal
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher de sobremesa de fermento

Preparação:

Começar por derreter a manteiga e reservar.

Misturar as farinhas, sal, açúcar e fermento. Juntar o leite e a manteiga com ajuda de uma colher de pau e de seguida “colocar as mãos na massa” até formar uma bola de massa sem grumos.

Numa superfície polvilhada com farinha de aveia, esticar a massa até que fique com 2,5-3cm de altura, cortar em circulos (usei um copo) e lvar os scnones ao forno durante 15min a 180graus.

As farinhas que usei foram estas da @nacionalmarca.

Espero que gostem tanto como eu!

Tarte de Bacalhau

REFEIÇÕES

Base

  • 150g de farinha de espelta 1050
  • 1 ovo
  • 1 colher de sopa de azeite

Recheio

  • 1 posta de bacalhau cozida e desfiada
  • 1 cebola média refogada em azeite
  • 1 mão de coentros
  • 3 ovos
  • 1/2 pacote de natas de soja

Começar por fazer a base, misturando todos os ingredientes e moldando à forma (usei uma de 20cm) e reservar. Com um garfo picar a massa.

Juntar o recheio e bater com ajuda de uma batedeira e verter para a base da tarte.

 

BOLO DE ESPELTA E IOGURTE

PEQUENOS-ALMOÇOS/LANCHES, SNACKS

Ingredientes:

  • 3 ovos
  • 160 de farinha de espelta
  • 60g de óleo de coco
  • 3 colheres de sopa de iogurte natural (uso os da PurNatur)
  • 80g de açúcar de coco
  • 1 colher de chá de fermento

Preparação:

Começar por separar as gemas das claras. Bater as claras em castelo e reservar.

Juntar o açúcar às gemas e bater muito bem, até dobrar o volume e formar um creme mais esbranquiçado. Juntar o óleo de coco e iogurte, voltar a bater.

À parte, misturar o fermento à farinha e juntar ao preparado anterior, batendo muito bem até que fique uma massa homogénea.

Por último, basta envolver as claras em castelo, verter para uma forma redonda pequena e levar ao forno 35min a 180 graus. (fazer o teste do palito!)

CE5EACFB-9877-466F-9D1B-6B66482803B4.jpeg

Topping (opcional)

  • 1/2 tablete de chocolate 70%
  • 1 colher de sopa de óleo de coco

Espero que gostem!

QUICHE DE GRELOS E QUEIJO (sem base)

REFEIÇÕES

Ingredientes

  • 5 ovos
  • 400g de grelos congelados
  • 125ml de bebida de arroz
  • 1 colher de sopa de amido de milho
  • flor de sal q.b.
  • mistura de pimentas q.b.
  • Queijo ralado a gosto

Preparação

Começar por saltear os grelhos num fio de azeite e reservar. Bater os 5 ovos, o leite e o amido milho. Temperar e juntar os grelos.

Forrar uma forma de fundo removível com papel vegetal, verter a massa e colocar por cima o queijo ralado. Levar ao forno 30min a 170 graus.

 

30725797_10213976205853136_6165345585411915776_n

30726391_10213976205733133_5510584774688768_n

Espero que gostem!

AÇORES NA FEIRA

ondevamosalmoçar, RESTAURANTES

30688307_10213949617268438_3406362708763738112_n

Simples, acolhedor e com traços açoreanos. Aberto há pouco mais de 5 meses e localizado muito perto do Panteão Nacional, o Pedro conseguiu trazer para Lisboa as melhores iguarias dos açores permitindo-nos “viajar” até lá através do sabor e qualidade desta experiência.

Começámos por experimentar um queijo fresco típico da Terceira com massa de malagueta, uma morcela incrivél (nada fit, maltaa) acompanhada por ananás e um apetitoso atum braseado com manga.

30703688_10213949617148435_3694556135311802368_n.jpg

Pratos

  • Alcatra de carne regional
  • Telha de lulas com gambas
  • Polvo guisado
  • Alcatra de peixe
30653283_10213949616788426_4067786761814671360_n.jpg

Alcatra de peixe 

Nunca peço redfish para comer, não costumo sequer fazer em casa.. mas tenho de vos dizer que foi, para mim, o prato da noite! O peixe estava super macio e suculento.. soberbo! O segundo melhor prato – o POLVO, igualmente incrível e com os sabores muito apurados.

Para sobremesa provei uma colher de um doce típico dos açores chamado “D.Amélia” – parece um petit gateaux mas não é cremoso.

Estava tudo muito bom e é um local perfeito para refeições mais tranquilas com um ambiente calmo e comida de conforto!

Preço médio por pessoa: 20€

 

Knowledge of Beef – K.O.B by Olivier

ondevamosalmoçar, RESTAURANTES

Da história dos mais famosos restaurantes de carne maturada em Lisboa..

DSC00158.JPG

“A origem, o corte e a qualidade da carne são elementos chave para uma carta variada e organizada por países e em tempo de maturação. A carta oferece uma verdadeira viagem às principais origens mundiais de carne maturada, desde os bifes nacionais “Black Angus”, com 35 dias de maturação, ao famoso bife da vazia “Wagyu”, proveniente do Japão e considerado um dos melhores do mundo. Destaque ainda para a carta de vinhos que promete harmonizações perfeitas entre as melhores carnes e os melhores néctares. Para os menos apreciadores da especialidade da casa há opções vegetarianas e de peixe.”

Este é o restaurante! Tal como a descrição refere todas as carnes servidas neste espaço, pelo tempo de maturação que têm, primam pelo sabor e a sua qualidade. O espaço não é muito grande – Há um hall incrivel para beber um copo de vinho à entrada e depois uma sala com mesas, umas mais pequenas, outras maiores.

Começámos o nosso jantar com um couvert, uns pimentos padrón e um delicioso folhado de queijo de cabra, mel e nozes, e foi o suficiente para nos deixar muito curiosos com o restante (porque tudo já estava bom demaiiiis!). 

300g de acém de novilho e o famoso Bife “Wagyu” – os verdadeiros pratos! A minha preferida foi sem dúvida o bife Wagyu mas ambos estavam com o corte e ponto perfeito. A carne é servida já toda fatiada, bem fininha e para acompanhar escolhemos uns legumes salteados e o puré de batata com trufa (idêntico ao que tinha comido no Olivier Avenida) que é simplesmente soberbo!

DSC00167

puré de batata.JPG

Para rematar escolhemos duas sobremesas e que vou deixar as imagens falarem por si (incríveiiiiis…)

DSC00168

Crumble de maçã

DSC00170

Petit Gateaux de caramelo

Vale mesmo a pena experimentarem!

Preço médio por pessoa: 40

YAKUZA FIRST FLOOR

RESTAURANTES

A semana passada tive o privilégio, a convite da Right Buddy, de ir experimentar o YAKUZA FIRST FLOOR – um dos restaurantes mais icónicos de lisboa de comida japonesa.

Ficámos sentados no sushi bar que tem vista para o jardim e adorámos. No entanto, tem também uma sala um pouco mais reservada e uma sala intermédia em que é possível fumar.

Entradas

TACO SAKANA – OMAKASE YAKUZA

Pratos

DSC00024

Molho de soja, gengibre e wasabi

DSC00038

Sashismi com 12 variedades de peixe

Na taça de sashimi a dourada foi uma agradável surpresa assim como o toro.

29748252_10213850289345302_1455600031_o

29883578_10213850289225299_354023599_o

Sobremesa

29943225_10213850289385303_1703892286_o

Foi tudo extraordinariamente bom mas o que ficou mesmo registado foram os TACOS que estavam soberbos e os GUNKAN TRUFADA, com salmão, caranguejo e ovo de coderniz).

Preço médio por pessoa: 40€

Se gostam de comida japonesa então não podem mesmo perder esta experiência!

Nota: Este restaurante dispõe de placa móvel para pessoas com cadeira de rodas.

 

PANQUECAS DE ESPELTA COM RASPA DE LARANJA

PEQUENOS-ALMOÇOS/LANCHES

Ingredientes

  • 1 chávena de farinha de espelta
  • 1 chávena de flocos de aveia
  • 1 colher de sopa e meia de linhaça dourada moída
  • 1 ovo
  • 1 chávena de bebida vegetal
  • 2 colheres de chá de mel
  • raspas de laranja
  • 1 colher de sobremesa de fermento

Preparação

D56B8D96-77E2-4D0A-809C-05C8F64529CA.jpeg

Começar por misturar os ingredientes secos e depois com ajuda da varinha mágica misturar os liquidos.

Com ajuda de uma concha de sopa, colocar a massa em cada círculo desta frigideira até dourarem.

Rechear a gosto e deliciar!